vá para o meu perfil no facebook // go to my facebook profile vá para a minha conta no instagram // go to my instagram account Fábio Carvalho ]     [ Portfólio
obras ]  [ curriculum ]  [ notícias ]  [ entrevistas ]  [ vídeos ]  [ publicações ]  [ textos ]  [ bibliografia ]  [ na midia ]  [ coleções ]  [ e-mail
 
clique para ampliar // click to enlarge clique para ampliar // click to enlarge clique para ampliar // click to enlarge clique para ampliar // click to enlarge clique para ampliar // click to enlarge
clique para ampliar // click to enlarge clique para ampliar // click to enlarge clique para ampliar // click to enlarge clique para ampliar // click to enlarge clique para ampliar // click to enlarge
clique para ampliar // click to enlarge clique para ampliar // click to enlarge clique para ampliar // click to enlarge clique para ampliar // click to enlarge clique para ampliar // click to enlarge
clique nos ícones acima para ampliar // click on the icons above to enlarge

Dos que partem, aos que ficam (Santuário das Ninfas II)
reprodução de fotos tiradas por soldados partindo para a I Guerra Mundial, decalques florais à base d'água, verniz mordente, transfer ouro
(nº 13 - cortesia Coleção L. F. Carvalho)

* trabalho reproduzido no catálogo "Perfil Moda – Inspirações e Tendências", SENAI Moda e Design/FIRJAN

From those who part, to those who stay (Shrine of the Nymphs II)
photos of World War I soldiers, water transfer floral decals, mordant-gilding

2010/2011
30 x 24 cm cada // each

[ english version ]

Na série "Dos que partem, aos que ficam" foram usadas fotos tiradas por soldados pouco antes destes partirem para o campo de batalha, muito provavelmente para serem deixadas com as famílias, como uma lembrança. Para muitas destas pessoas, esta foi a primeira e última foto que fizeram em todas as suas vidas, e são imagens carregadas de bravura, heroismo, altivez, e em algumas há também uma extrema ternura, ou talvez já uma nostalgia, por conta do futuro incerto não só para os que partem, mas também para os que ficam.

Este uso particular da fotografia, num tempo em que esta ainda era um objeto precioso, lembra o mito grego da origem da pintura, como narrado por Plínio, o velho. Pois afinal o que é uma fotografia a não ser um espectro de uma ausência, uma sombra, a materialização de um vazio?


A série Macho Toys surgiu a partir de uma reflexão sobre os elementos que constituem as expectativas sobre gênero, sexualidade, etc; como por exemplo os brinquedos que as pessoas dão aos seus filhos ­ bonecas, jogos de chá e jantar de miniatura, e outras atividades domésticas ou delicadas para meninas; bolas, carros, armas, soldados e brincadeiras mais ativas e de força para meninos, que mesmo não intencionalmente são usados para direcionar e moldar a futura personalidade destas crianças.

A série “Macho Toys” opera justamente na superposição e no conflito entre os estereótipos de masculinidade, como o soldado, o executivo, o halterofilista, o cowboy, etc, com elementos tradicionais do universo feminino, em particular os padrões decorativos florais, e a louça de porcelana.

    na mídia // clipping
  clique para ampliar // click to enlarge
A Palavra Líquida | SESC Tijuca - RJ
CUBO BRANCO | 03/2017
clique para ampliar // click to enlarge
AFLUÊNCIA | ArteInformado - 04/01/2015
clique para ampliar // click to enlarge
Radar Decoração - 12/2014
       
clique para ampliar // click to enlarge
EBibliothèque (Grécia) - 10/2013
clique para ampliar // click to enlarge
Bibliothèque (Grécia) - 01/08/2014
clique para ampliar // click to enlarge
revista Avianca - Arte - 08/2013
clique para ampliar // click to enlarge
ArtMaZoneog - Paris - fevereiro 2013
       
clique para ampliar // click to enlarge
revista G - março 2012
clique para ampliar // click to enlarge
Caderno Tendências
SENAI Moda/FIRJAN - 2012
clique para ampliar // click to enlarge
ART|REF - seção Artes Plásticas
clique para ampliar // click to enlarge
DESTAK - seção Diversão & Arte
       
clique para ampliar // click to enlarge
O GLOBO - caderno TRAN_S CULTURA
clique para ampliar // click to enlarge
VEJA RIO - seção Exposições
clique para ampliar // click to enlarge
O GLOBO - caderno Ela
clique para ampliar // click to enlarge
VITRUVIUS - seção Agenda Cultural
       
clique para ampliar // click to enlarge
O FLUMINENSE - caderno Cultura e Lazer
clique para ampliar // click to enlarge
O GLOBO - caderno RIO SHOW
clique para ampliar // click to enlarge
jornal A TARDE - Plasticidades
clique para ampliar // click to enlarge
DAS ARTES - seção Agenda
       
clique para ampliar // click to enlarge
CUBO BRANCO - Exposições
clique para ampliar // click to enlarge
O FLUMINENSE - caderno Social / Arte
clique para ampliar // click to enlarge
TOUCH OF CLASS
clique para ampliar // click to enlarge
ART & ARTE - Conversando Sobre Arte
       
clique para ampliar // click to enlarge
SUPERGIBA - Entrevista
clique para ampliar // click to enlarge
X1 - Exposições
clique para ampliar // click to enlarge
DESTAK - seção Diversão & Arte
clique para ampliar // click to enlarge
blog PLIE - Exposições - abril 2011
       
clique para ampliar // click to enlarge
INC AGENCY
     
       
 
english version [ top ]

The Macho Toys series came from a reflection upon the toys that people give to their children, that, even if not intentionally, are used to define gender, sexual identity, personality, etc: dolls and domestic or sensitive activities for girls; balls, weapons, soldiers and more active and strength oriented games for boys.

 
obras ]  [ curriculum ]  [ notícias ]  [ entrevistas ]  [ vídeos ]  [ publicações ]  [ textos ]  [ bibliografia ]  [ na midia ]  [ coleções ]  [ e-mail